terça-feira, 27 de julho de 2010

Nenhum

Estou perdida em algum lugar
Que nem sei aonde
e que nem quero saber
A única coisa que realmente importa
é continuar
perdida.
É estar
serena
E seguir em frente
rumo à lugar algum

E a única coisa que realmente importa
é um passo
após o outro
sempre indo de encontro
à lugar algum
E ser inocente
e acreditar
e não se importar
em não alcançar
algum lugar

E a única coisa que realmente importa
é nascer o sol
depois da noite
e o sol se pôr
depois da chuva

E a única coisa que realmente importa
é sorrir
depois do choro
E sempre seguir
e nunca chegar
à lugar algum
E continuar
perdida.


Tava com vergonha de publicar esse também, mas meu amigo Giovanni, jurando ser sincero, disse que ele realmente gostou. Então ta aí.


(Estrada de terra perto da chácara da minha família)

Fui ao oftalmologista hoje. Vou ter que gastar uma graninha com óculos. Na verdade eu "já usava" óculos, mas resolvi abandoná-los no segundo semestre de 2006. Mas não vai ter jeito, terei que me acostumar com a cara de nerds por conta de 0,5 de hipermetropia e 0,75 de astigmatismo, tudo no olho direito, o olho esquerdo tá tranquilo.

Pode ter alguma coisa escrita errada nesse post pois tive que dilatar "os zóio" e tô com mues olhos bêbados!

Obs: Comentário do meu namorado: mot, seus lindos olhos morenos vão voltar ao normal daqui a pouco ^^
respondi: huahuahuhuahuahuahuhuahuhua...eu não tenho olhos morenos, são castanhos
e ele: pra mim são morenos...castanhos, mas morenos.

;)

Um comentário:

  1. Poxa, faz um monóculo! Já foi moda um dia e custa metade do preço.

    ResponderExcluir